09/01/2008

Sexo e outras perversidades


O Patrick Dempsey, o fuckin' sexy McDreamy de Anatomia de Grey, entrou num filme de bolinha vermelha chamado Something about Sex, o que em português foi traduzido em qualquer coisa como Sexo e outras Perversidades. Nem sequer vi o filme, apenas o título e a bolinha. Podem calcular a ideia com que fiquei do filme... Imaginei o McDreamy em posições pouco católicas, encavalitado numa qualquer senhora também ela pouco ortodoxa, seios dignos de capa da Playboy e muita música erótica espanhola à mistura.
Mas afinal o Dempsey não me desiludiu, e o filme não passa afinal de (e passo a citar): "Uma irónica e mordaz comédia sobre as atribulações de três jovens casais, que é uma divertida reflexão sobre as dificuldades da monogamia nos nossos dias." São palavras da RTP. E eu acredito.
No entanto, interrogo-me: em vez da greve de argumentistas nos Estados Unidos, não deveria haver uma greve de tradutores em Portugal? Pelo menos, teríamos acesso aos títulos originais e não a estas insanidades que por aí se publicam.
Fica a sugestão.

3 comentários:

Maria del Sol disse...

Para mim um dos que bate o recorde de pior tradução é "Lost in Translation" por "O amor é um lugar estranho". É obra dum tradutor (literalmente) perdido :P

dona disse...

mas que é fuckin' sexy, é.

O Homem que Sabia Demasiado disse...

Muito bem visto!
VA