01/03/2010


A vida corre-nos por vezes tão bem que quase chegamos a achar que não nos deixaremos mais magoar, que podemos confiar naqueles de mais gostamos, naqueles que nos são mais próximos.


Não podíamos estar mais enganados.


As desilusões fazem e hão-de fazer sempre parte do nosso caminho. Após cada contrariedade, olhamos para dentro de nós e ficamos a pensar onde podíamos ter agido de maneira diferente, em que é que podíamos ter sido melhores. Quer encontremos ou não resposta para isso, o que é certo é que as desilusões têm todas um sabor amargo.



Que todos preferiríamos nunca ter provado.

2 comentários:

Maçã e Canela disse...

Podes crer que sim

lampâda mervelha disse...

Desilusões?

Tens para troca? Tenho aqui umas quantas já repetidas.

Oh, que nunca se me canse a alma de continuar... e continuar.... a sei lá o quê...


*