15/04/2008

esta noite sonhei que ela tinha voltado. passava-me a mão pela cabeça e dizia-me que tudo estava bem, que esta longa ausência tinha sido apenas um prolongado período no hospital. isto numa altura que me sinto mal por não pensar nela. em que tento não o fazer, porque magoa sentir esta saudade desmedida. logo eu que nunca sonho com ela.


acordei e havia apenas um quarto vazio e as paredes a ecoarem a minha saudade.

17 comentários:

Maria del Sol disse...

Ontem estive a combinar com a Ema uma sessão de cinema do Indie na semana que vem. Sei que é um fraco consolo, mas um bom filme sempre ajuda a criar sonhos reconfortantes. Alinhas connosco?

Força e um grande beijinho. :)

RV disse...

minha querida, sabes...deixamos de pensar nos assuntos qd estes já estão arrumados, o q não quer dizer q as pessoas já não tenham significado, pq o teu sonho revela isso mesmo, q no teu sub-consciente ela está lá , e não te preocupes pq no teu coração estará sempre, só que a vida é p ser vivida e p isso tens q te libertar, seria de uma grande egoísmo da parte dos outros exigirem q não o façamos, sabes pq? pq só passamos p aqui uma vez, por isso sê forte i vive pq é isso q ela espera de ti, é isso q os que nos amam esperam de nós,

um abraço e uma flôr(ó pequenina,lllllo)

Lover disse...

minha menina do nome esquisito...sabes que mais?!hummm...um abraço e não te esqueças: "Se me amas não chores..." porque está tudo bem, mesmo!...
a saudade é imensa e sufocante, e essa "ausência de pensamento", é o forte sentimento de presença...

http://omeuespacoeteu.blogspot.com/2008/04/stranger.html

beijinho grande na tua bochecha...

Lover disse...

minha menina do nome esquisito...sabes que mais?!hummm...um abraço e não te esqueças: "Se me amas não chores..." porque está tudo bem, mesmo!...
a saudade é imensa e sufocante, e essa "ausência de pensamento", é o forte sentimento de presença...

http://omeuespacoeteu.blogspot.com/2008/04/stranger.html


beijinho grande na tua bochecha...

Ji disse...

Um beijo em cada bochecha, para dormires bem.
Não te preocupes, é uma das únicas pessoas "abertas" com quem eu gosto de estar.

curse of millhaven disse...

*abraço*

Vanessa disse...

(...)

um beijinho muito grande*

Sorrisos em Alta disse...

Não te martirizes.

E, se ajudar, anda buer um copo no sábado!

Um sorriso para ti

tagarelante disse...

em direcção completamente contrária, rebusca as memórias todas, pega em todos os sinais que ainda restam, guarda tudo e relembra enquanto passeias com os dedos por todas as coisas que eram e deixaram de ser. guarda o peso da ausência e guarda a dor do sofrimento porque se é isso q sentes, é isso que te aproxima "dela" e é o que te custa e o peso q carregas q te ajuda a saber quem és. as coisas, boas e más, sao para sentir de todas as maneiras, com todas as intensidades porque fingir q n e andar a fugir é um engano... portanto, encara de frente a dor q sentes e sente-a até ao fim.

Dr. Strangeluv disse...

Bonito.

kimaya disse...

E eu semanas e semanas sem ir a casa....

RC disse...

Vai um xi?

Akinol disse...

See Please Here

CC disse...

Interessante.

Grande abraço.

Bolha disse...

Lembras-te do Freud no meu post? Lá está, aquele homem, para as boas e más notícias, era um génio...se quiseres um dia partilhamos sonhos de outro conteúdo, vamos soltar umas valentes gargalhadas minha ratona =)
Mi manchi tantissimo****

ema disse...

***

Mia disse...

...
*
Mia