04/04/2010

URBI ET ORBI


Pergunto-me se conhecerás já cada centímetro da minha pele. Julgo que não, muito há ainda a fazer. Não te preocupes, tenho um plano. Este noite encontrar-me-ás posta sobre uma tela virgem, o corpo inteiro contra o branco imáculo da tela ainda por profanar. Ao lado, estará uma paleta de cores, mas não encontrarás pincéis. Das tuas mãos sairá a pintura que te fará conhecer cada recanto de mim. O fim? Só estará próximo quando não restar superfície alguma por cobrir, quando toda a pele sufocar de tinta por todo o lado. Depois? Não te preocupes, deixar-te-ei serpentear o corpo contra o meu, e também tu ficarás coberto de cores, numa anarquia perfeita que nos fará ficar ainda mais juntos.

3 comentários:

lampâda mervelha disse...

:)

Porcos no Espaço disse...

Muito bom, as usual.

TT disse...

Parece-me bem :)